HISTÓRIA DO DISTRITO 4700

 

Histórico do Distrito 4700
 
O distrito é uma área geográfica na qual os Rotary Clubs estão agrupados para fins administrativos do RI. A organização e as atividades dos distritos rotários têm como única finalidade ajudar os Rotary Clubs a promover o Objetivo do Rotary, sem diminuir os serviços prestados pelos Clubes e pelos rotarianos localmente.

A História do Distrito 4700, percorre um longo caminho e desdobramentos, e é contada resumidamente pelo companheiro EGD Claudio I. J. Pegoraro (1991/1992), conforme relatos que seguem.

O Estado do Rio Grande do Sul, entre os anos de 1989/1990, tinha na época três distritos rotários o 466, 467 e 468. Com o redistritamento, passaram a constituir-se em número de cinco distritos, os mesmos de hoje.

O Distrito 470, agora 4700 nasceu e recebeu a grande maioria de seus Clubes do então 467 que já era um distrito muito grande. Á área territorial é a existente hoje, compreende a região Nordeste (Serra Gaúcha) e o Planalto (Passo Fundo, Erechim, Sarandi e outros) e incorporando os clubes existentes na época. O Distrito 466, cedeu os Clubes de Constantina, Sarandi, Erechim, Getúlio Vargas e outros da região e os restantes eram do 467. Iniciou-se o funcionamento do Distrito 4700 em 01 de julho de 1990, sendo o primeiro Governador o Companheiro Jorge Feijó Machado. O Distrito iniciou com 32 clubes, com menos de 900 rotarianos.

Na gestão do Companheiro Claudio I. J. Pegoraro (1991/1992), iniciou-se o trabalho de cadastramento dos Clubes bem como sua reestruturação e orientação. Neste mesmo período, com a colaboração do Colégio de Governadores, foi criados o regulamento do Distrito Rotário. Com ajuda especial do EGD Ruy Werner Antony e a pedido do Rotary Internacional foram criados:
- Regulamento das Conferências Distritais;
- Regulamento do Colégio de Governadores;
- Regulamento da Fundação Distrital.

 



PAUL PERCY HARRIS,O FUNDADOR DO ROTARY INTERNATIONAL

Paul Percy Harris nasceu em 19 de abril de 1868 em Racine, Wisconsin, nos Estados Unidos, ao norte de Chicago. Foi o segundo dos 6 filhos de George N. Harris e Cornelia Bryan Harris. Por problemas financeiros, aos dois anos foi morar, juntamente com seu irmão Cecil, então com 5 anos, com seus avós paternos Howard e Pamela Harris, na cidade de Wallingford, no Estado de Vermont, nos Estados Unidos.

Foi aí que praticamente começou o direcionamento da vida de Paul Harris, como ele mesmo recorda em suas memórias "Meu Caminho para Rotary": “ Eu tive o privilégio de viver em um lar estável, onde não faltava nada e nada era excessivo; onde os ideais eram os mais elevados e a educação era o objetivo supremo.” Esta visão em direção à educação o levou às Universidades de Iowa, onde se formou advogado e obteve o título de doutor honorário na Universidade de Vermont.

Ao receber o seu diploma, Paul decidiu que passaria cinco anos conhecendo o mundo antes de se dedicar à sua nova profissão de advogado. Foi neste tempo que trabalhou como repórter de jornal, professor de economia, ator de teatro e cowboy. Fez também inúmeras viagens pelos Estados Unidos e Europa como representante de uma companhia de mármores e granitos.

Finalmente, em 1896 decidiu advogar em Chicago. O ambiente da cidade era difícil, com muita imoralidade, Incêndios fraudulentos, e falências, melhorando em 1900 com o fechamento das casas de jogos e tavernas, com a Promulgação da Lei Federal de Falências e a segregação da prostituição. Foi advogado durante 32 anos, membro do Colégio de Advogados do Estado de Illinois, do Colégio Americano de Advogados e Presidente da Comissão de Ética Profissional do Colégio de Advogados de Chicago. Em um dia no outono de 1900, Paul P. Harris se encontrou com o advogado Bob Frank para jantar em um luxuoso bairro no norte de Chicago. Eles saíram para uma caminhada parando em algumas lojas no caminho. Harris ficou impressionado com a maneira como Frank tinha feito amizades com muitos dos vendedores.

Desde que se mudara para Chicago para abrir seu escritório de advocacia, Harris não havia encontrado a mesma Camaradagem que Frank tinha com seus colegas empresários, e naquele momento começou a pensar em como encontrar esse tipo de companheirismo que o lembrava da cidade em que ele havia crescido na Nova Inglaterra. Em 23 de fevereiro de 1905 Paul Harris, juntamente com outros três homens de negócios: Silvester Schiele, comerciante de carvão, Gustavus Loehr, engenheiro de minas e Hiram Shorey, alfaiate, reuniram-se no Edifício Unity, na N orth Deaborn Street, 127, 7º andar formando o primeiro clube. O primeiro Presidente foi Silvester Schiele. O clube recebeu o nome de “Rotary” devido ao fato de que seus sócios se reuniam em rodízio nos respectivos locais de trabalho, em um sistema de rodízio. Seu quadro associativo cresceu rapidamente. Em 1907 surgiu o primeiro projeto comunitário: a instalação do primeiro sanitário público da cidade de Chicago, localizado perto da Prefeitura.

Em 1910 foi realizada a primeira Convenção, congregando se os clubes na Associação Nacional de Rotary Clubs. Paul Harris foi eleito Presidente da Associação. Nessa Convenção, por proposição de Arthur Frederik Scheldon, professor de marketing, foi adotado o lema: “mais se beneficia quem melhor serve seus companheiros”. Paul conheceu a sua futura esposa Jean Thompson em 1910 durante um passeio organizado pelo Prairie Club of Chicago, um grupo de amadores de atividades ao ar livre que ele ajudou a formar. Paul e Jean casaram-se em julho Daquele mesmo ano e dois anos mais tarde Paul construiu uma casa com vista para o campo onde eles se encontra ram pela primeira vez. A casa recebeu o nome de Comely Bank, o mesmo nome da rua onde Jean morou em sua infância, em Edimburgo, na Escócia. Paul e Jean não tiveram filhos.

Na 2ª Convenção, em Portland, Oregon, no ano de 1911, Paulo foi reeleito, dedicando-se ao desenvolvimento e expansão. Aprovou-se a proposta de Benjamin Franklin Collins, adotando-se o lema: “Servir, porém não a si próprio. Somente 40 anos depois, na Convenção de 1950, em Detroit, Michigan, EUA, foram oficialmente designados os lemas: “Mais se beneficia quem melhor serve” e “Dar de si antes de pensar em si”. O primeiro Rotary Club fora dos Estados Unidos foi fundado em 1911 em Winnipeg, Manitoba, Canadá. Nesse ano Nasceu a “The National Rotarian” publicação precursora da revista "The Rotarian".

Na Convenção de Duluth, Minnesota, em 1912, o nome foi mudado para Associação Internacional de Rotary Clubes, e encurtado em1922 para Rotary International.

Os Harris viajaram pelo mundo promovendo Rotary, sempre reconhecido como personalidade mundial, destacada, tendo recebido inúmeras condecorações. No Brasil, em 1942, recebeu do Presidente Getúlio Vargas, a “Ordem do Cruzeiro do Sul.

Paul faleceu em Comely Bank em 27 de janeiro de 1947 com 79 anos e foi enterrado no cemitério Mount Hope, nos arredores de Blue Island, perto da sepultura de seu velho amigo Silvester Schiele. Após a morte de Paul, Jean retornou à Escócia, sua terra natal, onde faleceu em 1963, com 82 anos. Em "Meu Caminho para Rotary", Paul atribui os valores nele incutidos por seus avós e vizinhos, a base que o levou à concepção de Rotary:

O Rotary nasceu do espírito de tolerância, boa fé e serviço, qualidades Características de meus familiares e companheiros de infância na Nova Inglaterra. Tenho tentado transmitir minha fé nesses valores a outros Seres humanos, com a mesma intensidade com que ela brilha dentro de mim”.


Notícias distritais

Convite para Webinar - Rotary Club Satélite

Prezado (a) Rotariano (a), O aumento do quadro associativo é um desafio para muitos clubes. Mas você e seu clube podem contribuir e muito com a expansão no Brasil! Convidamos-lhe para a apresentação ao vivo: CLUBE SATÉLITE - Acelerando o crescimento do quadro associativo! CLIQUE AQUI PARA INSCREVER-SE O webinar acontecerá no dia 29 de Outubro às 15 horas (horário de Brasília) com a participação especial do Governador 2012-13 Distrito 4440 • Antonio Zago. Caso não possa particiar ao vivo, inscreva-se (clique aqui) para receber a gravação.  Gratos Equipe de Suporte a Clubes e Distritos (CDS)

Postado em 17 de Outubro de 2018 por

Cinquenta Mil vozes contra a Pólio

Estádio lotado presencia trabalho dos voluntários do Rotary para a erradicação da paralisia infantil no mundo.  Porto Alegre, RS, Brasil- 14/10/2018 – A multidão presente ao Estádio Beira-Rio do Sport Club Internacional testemunhou mais uma ação de divulgação da Campanha End Polio Now do Rotary International para erradicação da poliomielite (paralisia infantil) no mundo.  Os  50 mil torcedores assistiram antes do início da partida entre Internacional X São Paulo pelo Campeonato Brasileiro de Futebol da CBF a entrada em campo dos rotarianos do Rotary Club de Canoas Industrial com faixas alusivas ao trabalho para eliminar a doença do planeta.  Ao mesmo tempo, os jornalistas esportivos dos principais veículos de comunicação do país presentes ao evento recebiam informações sobre a ação e o trabalho do Rotary, que foram repassadas para centenas de milhares de ouvintes e tele espectadores que acompanhavam a transmissão do evento esportivo.  O ponto culminante foi a entrada de mais 50 crianças vestindo a camisa símbolo da campanha End Polio Now junto com os atletas dos dois times antes do início da partida, para a execução do Hino Nacional Brasileiro. Todo o evento teve transmissão ao vivo pelos canais de televisão aberta e por assinatura, e também por canais privados e em redes sociais, alguns exclusivos para associados do Internacional. Imagens em video dos melhores momentos do evento podem ser vistas no canal do clube em: www.youtube.com/rotarycanoasind  End Polio Now Campanha mundial do Rotary para erradicação da paralisia infantil no planeta. Para mais informações, acesse o site do endpolionow.org/pt.  O Rotary O Rotary é uma rede global de voluntários que se dedicam a enfrentar grandes desafios da humanidade. Seja ajudando famílias menos privilegiadas ou lutando para erradicar a pólio no mundo, seus associados causam mudanças positivas local e internacionalmente. Para mais informações, acesse o site do Rotary.

Postado em 15 de Outubro de 2018 por

COMPANHEIRISMO SOBRE DUAS RODAS - Motociclistas do IFMR-SA mostram que divertir-se é bom para o Rotary e para a comunidade

Jundiaí – SP - 25/08/2018. As 70 motocicletas lideradas por um automóvel conversível com os personagens “Maria e Zé Gotinha” chamaram a atenção de quem passava no sábado pela manhã na cidade de Jundiaí, interior de São Paulo. Eram os associados do IFMR-SA – International Fellowship of Motorcycling Rotarians – South America chapter - os motociclistas rotarianos que realizaram o seu décimo terceiro encontro do grupo de companheirismo, denominado IRA  - Intercâmbio Rotário da Amizade.  O “mar” de camisas azuis em seu desfile organizado pelos associados do IFMR-SA e rotarianos locais trouxe para cidade a divulgação para a campanha mundial do Rotary International para erradicação da paralisia infantil. Por onde o grupo passou a atenção foi total e as pessoas olhavam cuidadosamente a marcha das motos.  Mas não só a divulgação da imagem publica do Rotary foi beneficiada. Os cerca de 70 rotarianos e 30 garupas (como são conhecidas as companheiras que viajam nas motos com os pilotos) arrecadaram com a inscrição no evento mais de R$ 6.000,00 que foram destinados para a The Rotary Foundation através da ABTRF (Associação Brasileira The Rotary Foundation) e uma entidade local de tratamento oncológico para crianças.  Durante o evento também foi realizada a Assembleia Geral de Associados do grupo de companheirismo com a posse do novo Presidente do IFMR-SA para no biênio 2018-20, rotariano Celso Desiderio Junqueira, do Rotary Club de São José do Rio Preto, SP, e seu Conselho Diretor composto de companheiros de vários estados do Brasil.  As próximas reuniões do grupo serão o 2º Encontro de Primavera do IFMR-SA na cidade de Taiobeiras, MG, em novembro deste ano, e a 5ª edição do Encontro de Verão Sul IFMR-SA (#ifmrnosul), na cidade gaúcha de Bagé, RS, programado para março de 2019. O IFMR-SA - International Fellowship of Mortorcycling Rotarians – South America Chapter é um dos Programas Estruturados do Rotary International. Trata-se do maior grupo de companheirismo por afinidade da organização. Seu capítulo América do Sul é um dos maiores de todos os mais de 60 grupos existentes e possui 150 associados em 17 estados brasileiros e 3 países. Saiba mais sobre o IFMR-SA em www.ifmr-sa.org  e  www.facebook.com/ifmrsa

Postado em 11 de Setembro de 2018 por

Localizar site dos clubes